Imagens cedidas pelos associados da região

Sergipe


SERGIPE

Menor estado da federação, Sergipe revela aos turistas surpresas maravilhosas. Pequeno e encantador não deixa a desejar  com relação a seus atrativos naturais, contexto histórico, artesanato, gastronomia, cultura e outras peculiaridades.

         Chegando à nossa capital Aracaju, um dos principais pontos turísticos e porta de entrada para o turismo na região é a Orla de Atalaia. Uma das mais bem equipadas do Nordeste, com 6 km de calçadão, possui bares, restaurantes, quadras poliesportivas, kartódromo, parques infantis, uma rede hoteleira moderna, sem contar com o  belíssimo Oceanário, (Projeto Tamar), onde podemos apreciar várias espécies marinhas e ficar pertinho dos tubarões e tartarugas. Ainda na extensão da orla não podemos esquecer da famosa Passarela do Caranguejo, (crustáceo típico e carro-chefe na culinária local), onde uma réplica gigante foi construída e passou a ser ponto de parada obrigatória para fotos, na passarela que leva seu nome: Passarela do Caranguejo.

Num passeio pelo centro da cidade podemos conhecer um pouco mais da cultura, os mercados municipais com sua estrutura e diversidades de produtos que vão de especiarias, bordados, produtos em madeira e muito mais. A renda irlandesa, com sua história secular, encanta o turista por sua delicadeza, rica em detalhes e é hoje patrimônio cultural imaterial do Brasil.

Centro histórico com vários prédios e museus, um dos mais visitados são: Museu Palácio, que narra a história política de Sergipe e  o Museu da Gente Sergipana, moderno e interativo, da mesma autoria do museu da Língua Portuguesa.

Ainda falando do contexto histórico mas saindo um pouco da capital, é em Sergipe que está localizado a quarta cidade mais antiga do Brasil, São Cristóvão, nossa primeira capital, de influência portuguesa, com igrejas datadas do século XVII e XVIII e seu acervo histórico, tombado pela UNESCO ( Praça São Francisco ), vale muito à pena conhecê-la.

É também nesse pequenino estado que está o Parque dos Falcões. Um Parque  Nacional de aves de rapina da América do Sul autorizado pelo (IBAMA), e o único centro de reabilitação dessas aves aqui no Nordeste. Fica situado na Serra de Itabaiana, distante da capital 53 km.

No sentido sul, temos as mais belas praias e destinos voltados para o turismo de sol e mar. Um dos primeiros pontos de parada seria a Crôa do Goré um banco de areia localizado no meio do rio Vaza Barris, onde podemos desfrutar de um dia tranquilo, numa paisagem de natureza esplendorosa. Na mesma direção já no município de Estância, temos a Lagoa dos Tambaquis e a Praia do Saco. Uma praia calma, de águas mornas e tranquilas, reconhecida por uma revista francesa como uma das 100 praias mais bonitas do mundo. Esse título se deve a sua rusticidade e beleza natural.

Por último, a praia de Mangue Seco, na divisa dos estados Sergipe e Bahia, lugar que inspirou o celebre escritor Jorge Amado na elaboração do seu romance, Tieta do Agreste.

Já no agreste, embarcaremos em um dos  passeios mais belos que a natureza nos proporcionou ... os Cânions do Xingó, o quinto cânion navegável do mundo ... lugar de rara beleza , onde o Sertão vira mar .

 Na divisa dos estados de Alagoas e Sergipe temos a Foz do São Francisco, onde faz desse lugar um passeio de contemplação, de beleza incomparável, no encontro das águas do Velho Chico com o Oceano Atlântico. Sua vegetação típica e piscinas naturais, deixa na memória dos que o visitam, um registro inesquecível.

 

          Venha conhecer e desbravar Sergipe!!

 

 

 

 

 

 

 

 

O que fazer em Sergipe


Associados nesta região


CONTATO
Entre em contato com a Equipe Brasil Total, teremos satisfação em atendê-lo!

comercial@brasiltotalreceptivos.com.br
Rua Dr. Nilo Dornelas Câmara, 90, LJ 02
Boa Viagem, Recife – PE, CEP 51021-400